Imprensa

Mais de metade dos europeus sofre de stress por causa do trabalho

Mais de metade dos europeus sofre de stress por causa do trabalho

Fica o artigo do Portal Sapo na íntegra, esperamos que gostem.

 

Os elevados níveis de ansiedade estão relacionados com picos de volume de trabalho e a pressão para atingir objetivos. Segundo a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho, este é um problema crónico que pode conduzir a consequências graves como a depressão, doenças cardiovasculares, problemas de pele e impotência sexual.

 

Hélder Flor, especialista em Medicina Tradicional Chinesa (MTC), explica que as técnicas milenares são cada vez mais procuradas pelos portugueses. "De acordo com a MTC, o stress manifesta-se de forma diferente em cada pessoa, pelo que é importante adaptar o protocolo de forma individual. Temos cada vez mais pessoas a recorrerem a uma abordagem livre de fármacos para enfrentar o excesso de ansiedade", começa por explicar o terapeuta.

 

"Há pontos de acupuntura mais comuns, como os localizados na região lombar, ombros, pés e pulsos. Contudo, a nossa abordagem passa pela identificação do problema e só depois por combater os sintomas", acrescenta.

 

O protocolo de tratamento na MTC, para casos de stress, geralmente combina a acupuntura à fitoterapia, tratamentos 100% naturais, sem efeitos secundários e com um objetivo de cura a longo prazo. "A fitoterapia utiliza plantas medicinais para corrigir desequilíbrios do organismo, e no caso do stress recorremos habitualmente a ervas que combatem o cansaço, ansiedade, insónias e com efeito tranquilizante, como a raiz do ginseng coreano, rehmannia, folha de maracujá, sálvia, raiz valeriana ou folhas de melissa", referiu Hélder Flor.

 

O especialista deixa alguns conselhos para aliviar o stress:

  • Fazer pausas no trabalho de forma regular, levantar e realizar alongamentos para que o corpo não fique “preso” numa única posição
  • Aprender a respirar corretamente e fazê-lo várias vezes ao dia para descontrair. A respiração
    deve ser lenta e profunda, com pausas entre a inspiração e expiração.
  • Depois dos exageros das férias é necessário voltar a impor rotinas e horários na sua
    alimentação. A combinação de alimentos doces, que transmitem alegria e energia, deve ser
    feita com picantes que actuam contra a tristeza. Sumos naturais, como laranja, kiwi, abacaxi
    ou tangerina são indicados para melhorar a boa disposição.
  • Dormir é fundamental, já que poucas horas de sono são um dos principais motivos para o
    aumento da ansiedade.
  • Treinar sim, mas de uma forma equilibrada. A Medicina Tradicional Chinesa recomenda
    exercícios que lhe permitam um regresso à rotina tranquilo, como ioga, tai-chi ou natação.

 

Artigo publicado no Portal Sapo:

http://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/51-das-pessoas-sofre-de-stress-relacionado-com-o-trabalho